Decidimos homenagear Francisco José do Nascimento, Dragão do Mar, por acreditar que poucos nomes conseguem   representar tão bem a personalidade do Ceará quanto o seu. O estado que moldamos e pelo qual somos moldados inspirou   boa parte dos versos desta obra.

      O processo de composição intensificou a identificação que já tínhamos com o Ceará, pois as letras do EP surgiram por um   viés bem autobiográfico e passar a nos perceber como filhos da atitude guerreira do Dragão do Mar, filhos do centro cultural   que leva o nome dele, da Praia de Iracema, da Praia do Futuro, do Parque do Cocó e crias da Praia do Icaraí foi consequência   natural.

      Filhos do Dragão do Mar somos nós e são todos vocês que de alguma forma se identificam com os sons e letras deste   trabalho. Clique abaixo para abrir a opção desejada: